TV Justiça lança no Youtube o canal único "TV Justiça Oficial"

Resultado de imagem para stf
 No ar desde 2005, a TV Justiça dá agora mais um passo para alcançar um número cada vez maior de pessoas e aproximar ainda mais o Judiciário da população, cumprindo o papel de uma TV pública. A emissora do STF unifica todos os programas em um canal único no YouTube: o TV Justiça Oficial. Esse canal oferece, em playlists, 15 programas e o Jornal da Justiça 1ª e 2ª edições para substituir 18 canais criados com a entrada da TV Justiça no universo digital.

No mundo, o Brasil é o terceiro país no ranking quando o assunto é tempo de permanência na Internet. Cada brasileiro fica conectado, em média, nove horas por dia, segundo dados da agência We Are Social. Há muito, Supremo Tribunal Federal e TV Justiça ocupam um espaço importante no universo digital e aproximam o Judiciário da população, levando ao cidadão matérias até então desconhecidas do público.

Em 13 anos online, a TV alcançou mais de 230 mil inscritos e mais de 43 milhões de visualizações. Um único julgamento foi acompanhado no YouTube por mais de 172 mil pessoas, no dia 4 de abril, quando o Pleno do Supremo Tribunal Federal julgou habeas corpus pedido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Naquele dia, os tweets citando a TV Justiça chegaram a 3.500.

E na página da TV Justiça na Internet (www tvjustica.jus.br), matéria publicada sobre o julgamento teve 8.414 acessos desde então. No canal do STF no YouTube, o Jornal da Justiça 2ª Edição, veiculado após a 1h30 da madrugada, foi assistido por mais de 13 mil pessoas.

E o canal no YouTube não é a única novidade da TV Justiça. A programação sofreu profundas modificações, que vão do visual aos formatos dos programas. O Jornal da Justiça inaugurou as mudanças e abriu diversos espaços para participação de espectador. Quadros interativos e de denúncia já são uma realidade na emissora. Nos programas, novos cenários para o Academia, Artigo 5º, Reflexões e Direito sem Fronteiras. Fórum, além de novo cenário, tem novo formato, com debates interdisciplinares sobre os mais diversos temas. Saber Direito – uma das alternativas mais democráticas de ensino da TV brasileira – investe na interatividade e abre espaço para perguntas via

WhatsApp. Lança, ainda, o Saber Direito Profissão, que fala sobre o mercado de trabalho da área de Direito do curso ministrado na semana.

Fique por dentro da nova programação. Para acompanhar, inscreva-se no canal da TV Justiça no YouTube e também ative o sino das notificações para saber quando um programa novo estiver no ar.

Lembre-se: nas playlists do canal você encontra todos os programas e as duas edições do Jornal da Justiça.

Acesse aqui a TV Justiça no YouTube
 

Comentários