Ministério do Trabalho descarta nova MP para reforma trabalhista.

Para o Ministro do Trabalho, Helton Yomura, um decreto pode se configurar em alternativa viável juridicamente. “Sobre o prazo de votação da MP que faz ajustes à modernização trabalhista, o Ministério do Trabalho esclarece que está analisando o que pode ser feito: ato normativo próprio, decreto ou portaria. O ministério está verificando neste momento qual o melhor caminho, dentro do Congresso Nacional, a ser percorrido para aquelas matérias cuja veiculação tenha de ser objeto de lei”, diz nota oficial divulgada nesta segunda-feira. Para o relator da reforma trabalhista na Câmara, o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), “não há clima para nova MP”.

Fonte: Boletim Diário do LinkedIn. 

Mão, Trabalho Em Equipe, Cooperação
Foto: Pixabay

Comentários