Maju Coutinho vira personagem em história da Turma da Mônica

Apresentadora da previsão do tempo no Jornal Nacional, da Globo, se emocionou ao descobrir que iria virar tema de gibi

Foto: Twitter/Reprodução
Foto: Twitter/Reprodução

Leia mais sobre Maju Coutinho e Turma da Mônica,


Boa leitura!

Nota Nossa

Com medidas da mídia tradicional como essa corremos um risco. Uma das mais relevantes marcas da formação nacional (multirracial e multiétnica), pode simplesmente se reduzir a um parâmetro euro-americanizado, que tira a condição multicolor (negra, amarela, branca, mestiça) em prol do somente branco. (in: Joel Zito Araújo. A O Negro Negação Na Telenovela do Brasileira Brasil). Assim como nas Telenovelas, todas as grades de programação televisiva, na realidade, sofrem o mesmo efeito. Não basta colocar uma única personagem negra protagonista em uma série de outras novelas. Não basta uma senhora que conversa com papagaio, vestir um colar de melancia e entrevistar uma negra. Não basta! O que fazer então?! Reformas sociais estruturais que mudem a cultura brasileira, do jeitinho, do compadrio, da cordialidade, do preconceito! Fácil!? Não! Afinal, o que é difícil, não é Fácil!

Comentários