“Peço que o ódio não se espalhe”, diz mãe de garoto assassinado pela madrasta na Espanha

Patricia Ramírez afirma que sempre suspeitou de Ana Julia: “temia que fosse assim”

Mulher, Mãe, Criança, Pessoa, Pessoas

Leia mais aqui.

Boa leitura!

Comentários