E-commerce: breves aspectos econômicos, jurídicos e administrativos

Breve análise dos cenários econômicos, jurídicos e administrativos do e-commerce.

“O requisito final da liderança eficaz é ganhar confiança.” Peter F. Drucker (Administrando para o futuro) 

Inicialização, Start-Up, Cadernos

I – Breve Introdução: Cenário Econômico

Na época moderna das grandes navegações, em que se procurava explorar o mundo novo, ocorreram descobertas. Atualmente, as navegações pela Internet objetivam a busca por conhecimento, diversão e trocas comerciais, dentre outras, em ambiente de livre iniciativa e livre concorrência.
O e-commerce é a galinha dos ovos de ouro num cenário nacional econômico de recessão. Em que pese a crise econômica brasileira, o crescimento de 15,3 % das vendas online e o faturamento de R$ 41,3 bilhões em 2015, fica cristalino o potencial do setor (GOMES ; LEAL).
Ainda com base na reportagem da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, de março de 2016, recomendamos a leitura sobre o Guia do Comércio Eletrônico a respeito: 1) gestão e controle financeiro; 2) plataforma e tecnologia; 3) marketing e vendas; 4) mobile; 5) estoque e logística.

Leia mais, aqui.

 

Comentários